Perfil do Adam

Adam Mitch, 2016
Adam Mitch, 2016

Adam Mitch. Nascido no Humaitá, Zona Sul do Rio de Janeiro, no dia 10 de Fevereiro de 1995, ás 11h 50min da manhã, pesando 3,5kg. Pelo menos é o que consta na minha certidão de nascimento! Posso dizer que desde esta data eu procuro expressar minhas ideias.

Fui a criança que cresceu num Brasil dos ano 90. A princípio sem internet e com muito tempo livre. Eu vivia na rua. Correr era minha brincadeira preferida de todos os tempos. Só para colocar em perspectiva, eu só fui escutar Madonna pela primeira vez com 11 anos. Aliás, ela acabou se tornando uma das minhas artistas preferidas. Adoro o jeito como ela se porta; rebelde e questionadora—e de quebra faz música boa. Rainha!

Voltando: crescer sem as ferramentas que usamos hoje me ajudou a criar uma visão bem singular do mundo. A maneira mais divertida que achei para expressar minhas ideias foi através da moda.

Sempre me vestia sozinho. Minha avó faz vestidos de crochê incríveis e meu irmão é guitarrista numa banda de metal chamada Santuarium; ambos têm uma visão de moda muito forte. Talvez meu gene tenha vindo deles.

Adam com cinco anos de idade.
Adam com dois anos de idade.

Acelerando uns anos, eu já entrei em contato com o mundo virtual, criei vários blogs, desisti de vários deles também (quem nunca!) e chegou a hora de escolher minha faculdade.

Eu amo moda, mas não me vejo como designer. Gosto do clima da redação, sentir um movimento cultural de rua e ser inspirado por ele, sempre ficar atento para novos artistas e falar sobre eles. Então decidi cursar jornalismo e o plano futuro é uma pós em moda—juntando o útil com o agradável. Assim que fiz 18 anos também decidi lançar minha revista online e trabalhar nela paralelamente ao meu blog pessoal—já com três anos de estrada—e um canal no Youtube.

Tudo ainda é bem novo pra mim e a revista (assim como a mente por trás dela) está em constante amadurecimento. Como disse no início, o melhor ainda está por vir. Então se você me perguntar se estou feliz com meu trabalho hoje, vou dizer que sim—e muito. Mas sei que sou capaz de muito mais e quero me desafiar constantemente.

Para finalizar, creio que seria interessante dizer minha meta de trabalho: consolidar o título no mercado brasileiro e lançar a ADAM em Nova York. Não, eu não sonho baixo—acho que essa seria uma outra característica importante minha que eu esqueci de mencionar acima (ah, droga!).

Da esquerda para a direita: um dos primeiros looks postados no blog, em 2012; primeira viagem internacional (Nova York), em 2013; última seção de fotos, em 2016, aos 21 anos.
Da esquerda para a direita: um dos primeiros looks postados no blog, em 2012; primeira viagem internacional (Nova York), em 2013; última seção de fotos, em 2016, aos 21 anos.