Conheça Luke Christopher, a versão simpática de Kanye West

Divulgação
Divulgação

Eu estava navegando pela internet, como sempre faço num domingo a tarde, e me deparei com um novo artista que nunca tinha ouvido falar. O nome dele é Luke Christopher, um rapper de 21 anos, nascido em Westlake Village, Califórnia. A clipe que via era de ‘Ms. Holy Water`, filmado num campo onde a grama verdinha toca a linha do horizonte e Luke mostra seu gingado em meio a um cenário meio lúdico, onde modelos gostosonas aparecem muito entediadas mexendo no celular.

O vídeo em questão tem mais de 800.000 visualizações no Youtube, nada comparado aos milhões que outros rappers já possuem, mas a qualidade do som e o charme de Luke arrancaram muitos elogios da crítica e do público. Levando um artista que costumava produzir suas músicas com um laptop em cima de um balde a entrar no radar do The Boombox e The Source, dois sites responsáveis por descobrirem os novos e melhores talentos da música.

Outro ponto positivo é que em tempos onde artistas lutam para se manter relevantes na web (perdendo venda de álbuns e coisa e tal), Luke fundou sua carreira inteira online, disponibilizando música de graça para os fãs e estreitando o contato com público daquele jeitinho especial que só a internet sabe fazer. Para o lançamento do novo EP, entretanto, Luke espera que os fãs retribuam o favor e comprem o material físico nas lojas.

Em entrevista, o artista falou justamente dessa transição dos mixtapes que lançava online, para um disco completo lançado pela gravadora RCA records. “É definitivamente (um projeto) bem maior, mas continua sendo minha cara. Sou eu quem está produzindo o álbum e compondo todas das músicas. Não é como se agora que estou numa gravadora, ela tem total controle sobre meu material. Ainda é hip-hop, cantoria e muito rap”.

Reprodução / Instagram
Reprodução / Instagram

Inspirações:

Luke confessa que se inspira em muita gente, incluindo Stevie Wonder, James Brown e Michael Jackson – idolatrando principalmente os grandes shows e momentos épicos destes artistas. Porém, foi depois de descobrir o trabalho de Kanye West que veio a decisão de viver de música. “Em ‘College Dropout’, Kanye está simplesmente mandado um rap sobre a vida dele e todas as coisas loucas que aconteciam com ele. Aquilo abriu meu horizonte”, conta Luke.

Mas não pense que a influência de Kanye interfere no humor, simpatia e ‘swag’ natural de Luke. Ele puxou do cantor a genialidade de compor sobre assuntos polêmicos por um ponto de vista super interessante. O temperamento briguento, não. Para ver o que estou falando, dá um clique no clipe de ‘Ms. Holy Water’ abaixo e se prepare para ficar obcecado(a) por Luke Christopher.


Para seguir:

FacebookTwitterSoundCloudSite Oficial